Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
31/08/23 às 14h17 - Atualizado em 31/08/23 às 15h00

Confira os vencedores do Prêmio IPEDF de Trabalhos Técnico-Científicos

COMPARTILHAR

Fatores de impacto sobre a demanda no transporte público do DF é o tema do trabalho vencedor da primeira edição do Prêmio IPEDF

 

 

Na manhã desta quinta-feira (31), o Instituto de Pesquisa e Estatística do Distrito Federal (IPEDF), o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial do Distrito Federal (Senai-DF) e o Serviço Social da Indústria do Distrito Federal (Sesi-DF) anunciaram os vencedores da primeira edição do Prêmio de Trabalhos Técnico-Científicos, que visa reconhecer e estimular pesquisas sobre desenvolvimento econômico e políticas sociais, territoriais e ambientais voltadas para a capital federal e sua área de influência.

 

A solenidade de premiação contou com a presença do diretor-presidente do IPEDF, Manoel Barros; do presidente da Federação das Indústrias do Distrito Federal (Fibra) e do Conselho Regional do Senai-DF, Jamal Jorge Bittar, também diretor regional do Sesi-DF; e da presidente da Comissão Julgadora do Prêmio IPEDF, Marcela Machado. A primeira edição do concurso foi patrocinada pelo Senai-DF e Sesi-DF.

 

Segundo o diretor-presidente do IPEDF, Manoel Barros, a premiação é uma importante iniciativa para estimular o engajamento de novos pesquisadores às temáticas relevantes para o Distrito Federal. “É um marco inspirador na jornada do conhecimento desses pesquisadores, não apenas reconhecendo suas realizações acadêmicas, mas celebrando a sinergia entre inovação e relevância social, construindo as bases de um futuro de muitas realizações”, destacou.

 

O presidente da Fibra, Jamal Jorge Bittar, na qualidade de representante do Senai-DF e do Sesi-DF, frisou que o Sistema Fibra apoia a premiação desde a primeira edição, quando ainda era Prêmio Codeplan, porque acredita na academia como a base da produção de conhecimento. “Quando a indústria e a academia se unem na busca por soluções para desafios, o resultado é a geração de conhecimento, o aumento dos níveis de inovação e a melhoria da competitividade do setor”, concluiu.

 

A presidente da Comissão Julgadora, Marcela Machado, mencionou que os trabalhos selecionados buscaram investigar questões cruciais inclusive para o trabalho desenvolvido no IPEDF. “São trabalhos que tocam as temáticas das três áreas finalísticas do Instituto e que, de fato, lançam luz aos problemas de pesquisa por metodologias adequadas e que conseguem entregar o que foi proposto enquanto problema de pesquisa”, finalizou.

 

 

O primeiro colocado trouxe a temática do transporte público rodoviário de passageiros por meio da análise de fatores de impacto sobre a demanda no DF. O segundo colocado realizou uma análise sobre a eficácia dos gastos públicos em educação e saúde da Região Integrada de Desenvolvimento do Distrito Federal e Entorno. Já o terceiro colocado relacionou a economia compartilhada e o desempenho da produção de leite de assentamentos rurais de reforma agrária.

 

Na categoria Jovem Pesquisador, o vencedor apresentou um trabalho no âmbito sociojurídico, abordando práticas jurídicas, extensão e acesso à justiça. Entre os agraciados com menção honrosa, um deles avaliou a mobilidade urbana no DF e sugeriu um índice sustentável nesse aspecto e o outro tratou sobre democracia e desenvolvimento local por meio das prefeituras comunitárias do Plano Piloto.

 

Ao todo, foram 19 trabalhos submetidos, dos quais seis foram agraciados. Os três primeiros colocados na categoria “Padrão” foram premiados com valores de R$ 8 mil, R$ 6 mil e R$ 4 mil, enquanto o melhor colocado na categoria “Jovem Pesquisador” recebeu R$ 4 mil. Os outros dois foram agraciados com menção honrosa. Os trabalhos serão publicados na série “Texto para Discussão”, no site do Instituto.

 

Confira os vencedores:

 

1º colocado: Análise de fatores de impacto sobre a demanda no transporte público rodoviário de passageiros do Distrito Federal, por Gustavo Vinícius Chaves e Celso de Souza Júnior;

 

2º colocado: Para além do quadradinho: uma análise da eficácia dos gastos públicos em educação e saúde da RIDE-DF e municípios limítrofes, por Adler Gabriel Campos;

 

3º colocado: Economia compartilhada e desempenho da produção de leite de assentamentos rurais de reforma agrária, por Larissa Monteiro e Fabrício Leitão;

 

Jovem Pesquisador: Práticas jurídicas, extensão e acesso à justiça, por Rayssa Cavalcante;

 

Menção Honrosa: Avaliação da mobilidade urbana no Distrito Federal: um índice de mobilidade urbana sustentável para Brasília; por Marconi Carneiro Júnior e Mariana Aguiar;

 

Menção Honrosa: A democracia e o desenvolvimento local: as prefeituras comunitárias do Plano Piloto (DF), por Daniel de Azevedo.

 

O PRÊMIO – Com o tema geral “Desenvolvimento do Distrito Federal, da Área Metropolitana de Brasília e da Região Integrada de Desenvolvimento do Distrito Federal e Entorno”, o Prêmio IPEDF sucede o Prêmio Codeplan, que contou com sete edições realizadas de 2015 a 2021. Nesta edição, foram três subtemas propostos:

 

• Desenvolvimento social no Distrito Federal: caminhos possíveis

• Mobilidade urbana e semiurbana: a operacionalização do direito ao transporte

• Inovação, tecnologia e mercado de trabalho no Distrito Federal: caminhos para o desenvolvimento econômico

IPEDF - Governo do Distrito Federal

Instituto de Pesquisa e Estatística do Distrito Federal

Setor de Administração Municipal – SAM, Bloco H, Setores Complementares – CEP: 70.620-080
E-mail: ipe@ipe.df.gov.br
Telefone: 3342.2222